A Secretaria de Saúde de Cajamar iniciou a aplicação da quarta dose da vacina contra a COVID-19 para pessoas acima de 40 anos de idade e profissionais da saúde, conforme diretriz do Ministério da Saúde.

Se você tem 40 anos ou mais, compareça ao Polo de Vacinação para garantir a dose de reforço e mantenha suas imunizações em dia para impedir a disseminação da COVID-19.

Para se vacinar, é necessário apresentar RG e carteira de vacinação com as outras doses. Além disso, a pessoa deve ter recebido a terceira dose há pelo menos quatro meses.

IMPORTANTE: É OBRIGATÓRIO O USO DE MÁSCARAS NO POLO DE VACINAÇÃO

POLOS DE VACINAÇÃO

Atendimento de segunda à sábado, das 08h às 19h:

POLVILHO: Ginásio de Esportes “Antônio Carlos Tramassi”
Rua Creuza Ferreira de Araújo nº 120

JORDANÉSIA: UBS Jordanésia
Avenida Dr. Antônio João Abdalla, 850

 

 

 

Quem passa pelos bairros Quinta dos Angicos e Jardim Araruama esbarra com máquinas, caminhões e trabalhadores que já iniciaram os serviços de pavimentação, recapeamento e reconstrução asfáltica em diversos pontos. Os serviços estão sendo executados por meio de um convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional e fazem parte do programa Asfalto Novo da Prefeitura de Cotia. O trabalho também envolve a fresagem das vias, que é remoção do antigo pavimento, acerto da base para aplicação da nova massa asfáltica.

No Quinta dos Angicos, os serviços serão realizados em mais de 6,5 mil metros de vias que cortam o bairro. Já no Jardim Araruama, o Asfalto Novo vai passar por mais de 4,7 mil metros de vias levando mais conforto e segurança para motoristas e pedestres. “Nos últimos anos, Cotia recebeu o maior investimento em recapeamento e pavimentação asfáltica da história. A Prefeitura está levando qualidade viária para os bairros. Centenas de vias foram contempladas e o asfalto chegou a regiões que antes tinham apenas estradas de terra”, disse o prefeito Rogério Franco.

 

Confira as ruas contempladas:

 

Quinta dos Angicos/Colinas de Cotia:

Rua/Avenida

Trecho contemplado

Av. Dr. Odair Pacheco / Av. Nossa Senhora de Fátima

Do encontro do Hospital Regional de Cotia até o bairro Colinas de Cotia (3.066,33m)

Rua Himalaia

Da rua Felisbino de Oliveira até a av. Dr. Odair Pacheco Pedroso (503,62m)

Rua Tronco do Ipê

Início na rua Felisbino de Oliveira e término na rua Himalaia (72,56m)

Rua Felisbino de Oliveira

Da rua Represinha até junção rua Tronco do Ipê/ rua Himalaia (648,31)

Rua dos Andes

Da junção com a av. Dr. Odair Pacheco Pedroso até o encontro com a rua Himalaia (526,59m)

Rua Kilimanjaro

Da rua dos Andes até o fim (80m)

Rua Apeninus

Da rua dos Andes até o fim (134,97m)

Rua Pirineus

Da rua dos Andes até o fim (185,25m)

Rua dos Alpes

Da rua Himalaia até o fim (349,53m)

Rua Fuji

Da rua Himalaia até o fim (226,06)

Rua Henri Couri Aidar

Da av. Dr. Odair Pacheco Pedroso até o fim (419,00

Rua Guache

Da rua Henri Couri Aidar até o fim (156m)

Rua Azul

Da rua Henri Couri Aidar até o fim (174m)

 

Jardim Araruama/Nossa S. das Graças/Nova Cotia

Estr. do Atalaia

Da rua Maria Tereza até a rua Mirador (1.524,54m)

 

Rua Alagoinhas

Da rua Ipiau até a Belmonte (127,56m)

Rua Barreiras

Da rua Itapetininga até a estr. do Atalaia (333,93m)

Rua Brumado

Da rua Caetete até o fim (212,80m)

Rua Cabrália

Da rua Barreiras até estr. do Atalaia (335,45m)

Rua Caetete

Da rua Alagoinha até o fim (233,85m)

Rua Esplanada

Da rua Jacobina até a estr. do Atalaia (163,33m)

Rua Ipiau

Da rua Irara até estr. do Atalaia (360,29m)

Rua Itabuna

Da rua Ipiau até o fim (217,24m)

Rua itapetininga

Da rua Mirador a estr. do Atalaia (563,60m)

Rua Jacobina

Da rua Esplanada a rua Miramar (209,87m)

Rua Lençóis

Da estr. do Atalaia até o fim (126,36m)

Rua Mirador

Da rua Miramar até a estr. do Atalaia (59,30m)

Rua Santa Genoveva

Da estr. Velha da Olaria até o fim (226,15m)

Rua Sta Maria Imaculada

Da estr. Velha da Olaria até o fim (85,54m)

 

 

 

 

 

A Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar do Estado de São Paulo, realizou na sexta-feira, dia 24, a formatura da 1° turma do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência).

Na ocasião, foram formados 700 alunos do 5° ano da rede municipal de ensino, com idade média de 10 anos. Todas as escolas da rede municipal e que têm a série descrita, sendo elas públicas e privadas, participaram.

O 20º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, através do apoio da Prefeitura de Jandira, juntamente dos diretores, professores, pais e alunos, concluiu o programa de todos os alunos do 5º ano do ensino fundamental participantes do Proerd. 

A celebração contou com a participação dos familiares e banda da Polícia Militar e foi marcada por alegria e emoção.

Além disso, diversas autoridades marcaram presença. Dentre elas, o Capitão de Polícia Militar, Alexandre Rodrigues Abbara, Comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar e responsável pelo policiamento do município; Dra. Claudinéia Silva, Coordenadora da Comissão da Mulher Advogada; Dra. Lurdete Vendrame Kummer, Coordenadora Adjunta da Comissão da Mulher Advogada; Dra. Sarah Cristina Duarte Fortis, Assistente da Comissão da Mulher Advogada; Dra. Marcela Paula Minjoni, Assistente da Comissão da Mulher Advogada, entre outras.

Os instrutores policiais Dayana e Davi também estiveram na ocasião e participaram das homenagens destinadas a todos os alunos e também aos que se destacaram na redação que teve como tema “Proerd”, cujo fazia parte das atividades desenvolvidas pelo programa em sala de aula.

Os diretores e professores da Secretaria de Educação também foram homenageados. Como mais uma parte marcante do evento todos entoaram:

“Diante de Deus e de todos, prometo cumprir os ensinamentos Proerd, não me envolvendo com as drogas, respeitando o meu próximo, afastando-me da violência, valorizando a vida para o nosso bem, da nossa família e da humanidade prometo lutar, viver, estudar, vencer, sem das drogas depender. Drogas? Nunca. Violência? Jamais.”

“Trazer esse momento maravilhoso e recordar, como professora, esse papel fundamental que a Polícia Militar tem feito para as nossas crianças é gratificante. É muito importante essa parceria com a escola e a família, porque o nosso sistema educacional hoje baseia-se em família, educação e escola”, disse Marta Cesário, Secretária de Educação.

O objetivo do programa, que é prevenir o uso de drogas e violência, através de orientações e conscientização, visando ajudar a formar bons cidadãos, fez com que os alunos assumissem um compromisso por uma cultura de paz. 

 

 

 

 

 

As atletas da Ginástica Artística de Jandira viajaram, neste mês, para disputar a Copa Olímpia Internacional de Gimnasia, competição internacional que aconteceu no Uruguai. 

As atletas já vinham treinando uma bateria de exercícios que seriam apresentados nesta competição. Ao todo, foram 13 atletas da cidade que participaram desta disputa.

Dentre elas, representadas pelas categorias infantil e adulto, cada uma das atletas foi acompanhada pela professora e treinadora Sandra Pacheco Bezerra, que está a frente da modalidade esportiva, devido seus anos de técnica e aprendizagens. 

Além da professora Sandra, responsável pelo departamento de ginástica artística do município, Yan Carlos, coordenador de esporte, e Bruna Paula, que integra a comissão técnica, também estiveram junto à equipe.

Representando Jandira, todas as meninas foram contempladas com medalhas por sua participação no evento e outras duas subiram ao pódio, garantindo ouro e bronze na competição.

Daniella Ferreira de Queiroz, da categoria adulto livre, conquistou ouro (1º lugar) e Larissa Meirelles Cruz conquistou o 3º lugar, trazendo assim, bronze para casa.

A competição não somente despertou os sentimentos de alegria e gratidão às atletas, professores, familiares e amigos, como também gerou ainda mais esperança e expectativas à equipe para competir as próximas disputas.

 

 

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social tem promovido, neste mês, diversas ações de conscientização contra os abusos e violências aos idosos, traduzidas pela campanha junho violeta, em decorrência do dia 15 de junho destinado ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.

Tal campanha reforça esse debate e propõe iniciativas que garantem mais dignidade ao grupo descrito, além de estimular o envelhecimento saudável e ativo.

Na última segunda-feira (21), aconteceu uma palestra no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do Gabriela, onde todos os colaboradores distribuíram palavras de conhecimentos referentes ao tema, debruçaram sob a perspectiva de costumes que são considerados corriqueiros, mas, na grande realidade, é um preconceito sociocultural. 

As palestras terão continuidade até o dia 30/06. Confira a programação:

  • 28/06, às 13h - CPC Ouro Verde (Rua Dom Pedro I, 334 Jd. Ouro Verde);

  • 29/06, às 09h - CPC Vila da Amizade (Rua Quinze de Novembro, 211 Jd. Stella);

  • 29/06, às 09h - CRAS Masé (Rua Palmeira D’ Oeste, 482 Parque Santa Tereza);

  • 30/06, às 09h - CRAS Figueirão (Rua do Campo, S/N Jardim Figueirão).

Estão sendo abordados os seguintes temas nas palestras:

Violência física: uso da força física para compelir ao idoso a fazer o que não desejam, para feri-lo ou provocar-lhe dor, incapacidade ou morte; 

Violência psicológica: corresponde à realização de agressões verbais ou gestuais com a finalidade de aterrorizar o idoso, humilhá-lo, restringir sua liberdade ou isolá-los do convívio social; 

Violência sexual: relacionado com a prática de ato ou jogo sexual de caráter homo ou hetero-relacional utilizando pessoa idosa. Esse tipo de agravo visa obter excitação sexual, relação sexual ou práticas eróticas por meio de aliciamento, violência física ou ameaças; 

Violência financeira ou econômica: consiste na exploração imprópria ou ilegal dos idosos ou o uso não consentido por eles de seus recursos financeiros ou patrimoniais; 

Abandono: caracterizado pela ausência ou deserção dos responsáveis governamentais, institucionais ou familiares de prestarem socorro a uma pessoa que necessite de proteção;  

Negligência: relacionada à recusa ou à omissão de cuidados devidos e necessários aos idosos, por parte dos responsáveis familiares ou institucionais. Manifesta-se associada a outros abusos que geram lesões e traumas físicos, emocionais e sociais, em particular para os idosos que se encontram em situação de múltipla dependência ou incapacidade; 

Autonegligência: conduta da pessoa idosa que ameaça a própria saúde ou segurança, pela recusa de prover cuidados necessários a si.

 

 

 

 

A campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) foi ampliada para todos os grupos acima de 6 meses.

Ela está disponível para a população em geral até o final do estoque. Portanto, a Secretaria de Saúde recomenda que os munícipes se vacinem o quanto antes.

Para se imunizar, basta comparecer à UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima da residência, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 15:30, com o documento de identidade (RG e CPF).

O objetivo da vacinação é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe.

 

 

Todos os transportadores escolares de Cotia terão que fazer a vistoria obrigatória do 2º semestre letivo entre os dias 1 e 29 de julho. A vistoria será realizada pela Secretaria de Transportes Mobilidade (Setram) por meio de agendamento com o Departamento de Alvarás, pelo telefone 4703-2617. As vistorias acontecerão no Recinto de Eventos, ao lado do Terminal Metropolitano, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

A vistoria está prevista em legislação municipal (Lei 1553/2009) e os fiscais da Setram verificam o funcionamento de diversos itens dos veículos como: funcionamento das lanternas, faróis, luz de freio, setas, condições dos pneus, cinto de segurança e outros itens obrigatórios para o transporte seguro dos estudantes.

A vistoria é necessária para obter o alvará de funcionamento e, caso o transportador não cumpra todas as exigências legais, estará sujeito às penalidades da Lei, como multa e apreensão do veículo.

 

 

 

O vereador Gilson Rodrigues de Souza (PRTB), o “Pastor Gilson”, colocou, no dia (21/06), em votação dois requerimentos na 21ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jandira. O primeiro deles, de número 342/22, sugeriu à Benfica mais agilidade na confecção das carteirinhas de idosos.

A medida busca desburocratizar a emissão do documento na cidade. “Não estou pedindo nenhum favor. A prestadora de serviço Benfica deve cumprir imediatamente uma Lei existente desde 1994, que garante o direito do idoso à gratuidade no transporte público, a partir dos 60 anos de idade. [...] Espero que o serviço seja feito com a mesma agilidade, seja lá na cabine do Benfácil ou aqui no Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCPI)”, reivindicou Pastor Gilson em plenário.

Servidores públicos

Por sua vez, o documento nº 343/22 cobrou da Prefeitura a realização de um estudo técnico sobre adicional de periculosidade e insalubridade aos servidores públicos municipais. O autor destacou que, embora tenham direito ao adicional, alguns servidores ainda não o recebem.

 

 

 

A Prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente, por intermédio do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), fez, no dia (20/06) a repatriação de 350 animais silvestres para seu habitat natural.

Ao todo, foram repatriados para a cidade de Salvador (Estado da Bahia), 290 jabutis da espécie jabuti-piranga e 60 aves variadas, como galo-de-campina, inhapim e algumas espécies de pintassilgo.  De lá, serão soltos na natureza.

De acordo com a bióloga e gestora do Cetas, Érika Sayuri Kaihara, as aves, geralmente, são resgatadas por apreensão ilegal. Já os jabutis, na maioria, são de entrega voluntária. Esses animais, ao chegarem ao Cetas de Barueri, ficam isolados, são examinados e passam por tratamento veterinário. Isso antes de serem introduzidos de volta à natureza.

“O principal o objetivo do Cetas é fazer a introdução dessas espécies de volta à natureza. Como essas espécies não pertencem a essa região, a gente encaminha para seu local de origem. No caso dos jabutis, é toda a parte da caatinga”, afirma a bióloga.

Monitoramento
Além de todos os cuidados quanto a saúde dos animais, o Cetas segue normas rígidas para controle das espécies, que são marcadas com microchips ou anilhas que possuem uma sequência numérica com todas as informações do animal.

Sobre o jabuti-piranga
Os quase 300 jabutis que voltaram para o seu local de origem são da espécie jabuti-piranga, um animal muito presente nos lares. Se você chegou a ver alguns desses com o seu casco cheio de ondulações, trata-se de uma doença chamada de  Piramidinismo,   e sua causa está relacionada principalmente ao ambiente no qual esse animal foi criado e exposto. Quantidade insuficiente de sol, alimentação inadequada, solo inapropriado estão entre os motivos que afetam a saúde desses animais.

Tráfico de animais
Segundo o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o tráfico de animais silvestres é o terceiro maior comércio ilegal do mundo. Ficando atrás do tráfico de armas e drogas. Estima-se que cerca de 38 milhões de animais silvestres são retirados da natureza todos os anos, e grande parte morre antes de serem comercializados. Isso porque são transportados de forma precária e mantidos em cativeiros inóspitos, encontrados, em muitos casos, em sacos plásticos, malas e caixas papelão.

Denuncie
Para denunciar crimes que configuram maus-tratos de animais silvestres ou outras transgressões ambientais, basta ligar para a Guarda Ambiental (Divisão da Secretaria de Segurança Urbana e Defesa Social) nos telefones: 4198-3205 ou 4199-1400.

 

Conforme normativa do Ministério da Saúde, desde esta segunda-feira, 20 de junho, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade passaram a realizar testes de Covid-19. A testagem estará disponível de segunda a sexta, das 08h às 17h. 

Confira as unidades participantes da ação:

• UBS Jardim Alvorada;

• UBS Ouro Verde;

• UBS Vila Eunice;

• UBS Santa Tereza;

• UBS Vale do Sol;

• UBS Sagrado Coração.

Caso o paciente seja positivado, imediatamente ele será encaminhado para iniciar o tratamento, tudo personalizado visando o melhor atendimento, saúde e bem-estar de cada munícipe.

 

 

Página 1 de 102

 

Redação:

Av. Carmine Gragnano, 148,  Sala 7  

Jandira, SP (Centro) 

CEP 06600-010 

Fone: (11) 4707-2111 

redacao@opaulista.net